Como montar um petshop na sua cidade

 

cães de petshop

Nos últimos tempos temos percebido um notório crescimento de estabelecimentos físicos e virtuais para diversos tipos de animais domésticos, popularmente conhecidos como pets. E é com essa informação e experiência que temos nesse assunto que vamos ensinar para quem quiser aprender a criar e montar uma loja de pet shop no seu bairro.

Antes de começar, é importante escrever para você que não basta apenas gostar de cães, gatos, peixes, pássaros, roedores, etc. Tem de haver um plano de negócios bem estruturado para não colocar sua paixão em ruínas financeiras. E aqui nós não vamos ensinar plano de negócios.

Voltando para nosso assunto, existe alguns itens que são de extrema importância no hora de construir um bom estabelecimento de Pet Shop. Vamos descrevê-los e explicá-los um a um a partir de agora:

  1. Gostar de animais
  2. Escolher bons fornecedores
  3. Disponibilizar uma grande variedade de produtos
  4. Disponibilizar uma espaço para Banho e Tosa
  5. Disponibilizar um espaço para farmácia veterinária
  6. Capacitar seus funcionários
  7. Tratar bem tanto o cliente quanto seu respectivo animal pet
  8. Manter o ambiente limpo e agradável
  9. Ter um site
  10. Divulgar

1- Gostar de Animais de Estimação

Não é a toa que esse é o primeiro item antes de se iniciar um empreendimento voltado para os animais de estimação. Não tem como fazer algo sem amor. É preciso se dedicar da melhor forma possível, ou seja, é necessário fazer a melhor entrega/serviço para o cliente, que no caso pode ser o cão, o gato, o papagaio, o hamster, o peixe, etc.

Quando o cuidado começa antes da entrega do serviço a ser prestado, você avança em 50% no sucesso do pet shop. Pode acreditar nisso! Com amor e dedicação você vai elevar o nível de satisfação dos seus clientes.

2- Escolher bons fornecedores

Ao observar o item número 1 (citado anteriormente), você vai naturalmente escolher os melhores produtos para ofertar para as pessoas que gostam de cuidar dos animais de estimação. É importante observar o custo/benefício.

E aqui vale uma dica: Nunca venda algo caro que não reflita em benefício para seu cliente. Isso é péssimo para você (dono do empreendimento pet) e também é péssimo para o dono do animalzinho pet.

3- Disponibilizar grande variedade de produtos

Atualmente existem diversos produtos para os animais. Foi-se o tempo onde era necessário apenas um osso de brinquedo para o cachorro, uma caixa de terra para os gatos ou até mesmo uma roda de labirinto para os roedores hamsters.

Tudo evoluiu! Desde diversos tipos de coleiras, casinhas, brinquedos para animais, aquários, comidas para peixes, rações de gato, rações para cães, arranhadores para gatos, serviços de tratamento para os animais, etc.

Poderíamos ficar aqui escrevendo muitos produtos e serviços, pois realmente a variedade é muito grande. Na internet existe muita informação e dicas quanto a isso. Então vale o convite 🙂

4- Banho & tosa

Esse é um serviço muito procurado e que diferencia e muito um estabelecimento voltado para animais. Para quem não sabe, existe uma grande procura para esse tipo de serviço, pois cada vez mais as pessoas estão ficando sem tempo para fazer limpeza em seus cães e gatos e começam a delegar essa tarefa.

A primeira opção é encontrar um bom pet shop que faça esse serviço de forma limpa e responsável, pois já teve história de esquecer animais na banheira e/ou no secador levando a morte do animalzinho de estimação.

Aqui vai uma Passo a Passo do Banho e Tosa:

5- Farmácia veterinária

Nem sempre as pessoas buscam por acessórios e brinquedos para seus pets. Existe demanda para remédios, pomadas e vacinas para os bichos. Vale ressaltar e lembrar que o cuidado tem que ser completo, ou seja, nos momentos de lazer/prazer e também nos de dor (enfermidades).

6- Capacitação dos funcionários do pet shop

Investir na capacitação de todos os envolvidos com o pet-shop é garantia de sucesso.

Todos tem de vestir a camisa, isto é, o amor não tem que ficar só na emoção, tem que ficar também na capacitação e no conhecimento para com o tratamento dos animais.

É preciso saber cuidar, tratar, e até mesmo saber como pegar um animal para que não aconteça nenhum acidente.

7- Tratar bem o cliente

Trate com respeito tanto o animal quanto o dono do animal. Sabia que existe lei contra abuso e maus tratos de animais? O respeito e cuidado tem que ser para com todos. Sem exceção.

8- Limpeza do ambiente pet-shop

Ninguém gosta de ambientes sujos e locais imundos. Sabemos que animais sujam com facilidade, mas é necessário atenção para a limpeza de forma rápida, eficaz e precisa. AS pessoas levam seus pets para tomar banho (ficarem limpos) e não gostariam de encontrar um local sujo para limpar seus cães, não é verdade? 🙂

9- Ter um site

Quem não tem um site está “morto”. A internet veio para ficar. AS pessoas estão cada vez mais acessando a internet para buscar e pesquisar o melhor para suas vidas. E com pet shop não é diferente. É o caso do serviço virtual que presta o site pet shop rio de janeiro que oferece um serviço, ou melhor, uma lista de pet shops separados por bairros no Rio de Janeiro. Veja alguns exemplos abaixo:

Legal, não?

10- Divulgação

Sem divulgação nada sobrevive. É preciso fazer anúncios, campanhas de marketing e divulgações para amigos e parentes que tenha animais, aquários, peixes, gatos e pássaros. Além disso, é necessário informar também àquelas pessoas que não possuem animais, mas que certamente conhecem alguém que possua.

Se você tem alguma dúvida quanto a esse artigo, nos avise aqui.